English

Robert Baden-Powell,
Fundador do Movimento Escutista Mundial
Escuteiro-Chefe Mundial


A pintura de Baden-Powell no topo desta página é de 1929, da autoria de David Jagger. Foi apresentado a B-P em 6 de Agosto de 1929, no 3º Jamboree Mundial em Arrowe Park, Birkenhead, Inglaterra. Este Jamboree ficou conhecido como o "Jamboree da Maturidade", uma vez marcar o 21º Aniversário do Escutismo. Esta pintura é a favorita de Baden-Powell. O original da pintura está em exposição na Sala de Conferências da Sede da Organização Mundial do Movimento Escutista, em Genebra, na Suiça.


Links Relacionados com Baden-Powell

  A Biblioteca Baden-Powell. Uma selecção de excertos das obras de Baden-Powell e de obras relacionadas com a sua vida e carreira. Índice em texto apenas.
  Galeria de Fotografias de Baden-Powell. Uma colecção de fotografias de Baden-Powell, com destaque para as suas "duas vidas", como Oficial de carreira no Exército Britânico e como Fundador do Movimento Escutista. Índice em texto apenas.
  Em 1919, quando o primeiro Curso de Formação de Chefes em Gilwell chegou ao fim, Baden-Powell ofereceu a cada participante uma simples conta de madeira retirada do colar de um Chefe Zulu, que tinha trazido de África. Nos anos que se seguiram, estas contas haveriam de dar o nome a este Curso. A Página da Insígnia de Madeira mostra o seu programa nos Boy Scouts of America.
link-paintings.jpg (3370 bytes)   Pinturas por Baden-Powell. B-P era um artista consumado, sendo a maioria das suas obras publicadas ilustradas com os seus próprios desenhos e, nalguns casos, com pinturas a cores. Os seus blocos de apontamentos, diários e cartas, dizem estar cheios de desenhos a tinta ou a lápis e aguarela. Aqui aparece uma pequena colecção de ilustrações das suas pinturas a aguarela, recolhidas de inúmeras fontes.
  O que é que o chifre de um antílope africano tem a ver com a formação no Escutismo? O Chifre de Kudu e o Escutismo explica uma Tradição Escutista trazida de uma guerra africana.
  O Flautista da Paz: A História da Vida de Sir Robert Baden-Powell, de Eileen K. Wade. A secretária confidencial e assistente administrativa escreveu esta biografia em 1924. Mostra muitos excertos dos diários de B-P. Os capítulos 7-9 falam do serviço prestado por B-P na Suazilândia, Malta, e nas terras dos Ashanti e Matabeles. Os capítulos 10 a 12 cobrem o período em que B-P prestou serviço na África do Sul durante a Guerra Sul Africana.
  "Empreendimento", de Hilary Saint George Saunders. Esta curta biografia de B-P é uma versão idealizada da sua vida. Escrito pouco tempo após a Segunda Guerra Mundial, este capítulo sobre B-P é um bom resumo biográfico e uma introdução ao seu livro "Duas Vidas". Trata-se de um excerto do livro da autora "A Canhota", de 1948.
  "Be Prepared", uma entrevista com Baden-Powell, descrevendo os primórdios do Escutismo, tirado de um artigo publicado no The Listener, em 1937.
link-calgaric2.jpg (3012 bytes)   O Cruzeiro do Calgaric, relata a história do cruzeiro de 1933 às nações do Báltico, de Baden-Powell e sua mulher, e um contingente de 650 Guias e Escuteiros. Este "Cruzeiro da Paz" levou-os da Inglaterra para a Holanda, Polónia, Lituânia, Letónia, Estónia, Finlândia, Suécia, Noruega e de regresso a casa. Palavras e fotografias do cruzeiro proporcionam uma imagem rara do Escutismo nestes países antes da Segunda Guerra Mundial.
  "Lord Baden-Powell: Bemfeitor da Adolescência", um artigo sobre B-P e a Maçonaria.
  A Mãe de B-P: Henrietta Grace Baden-Powell, 1824-1914.
  "B.-P." de Grandes Contemporâneos, de Sir Winston S. Churchill. Talvez um dos melhores retratos do significado da vida e obra de Sir Robert Baden-Powell.
  Galeria de Fotografias de Baden-Powell. Uma colecção de fotografias e desenhos de Baden-Powell incidindo na sua vida e obra.
link-1917-olave.jpg (2054 bytes)   Olave Baden-Powell, Chefe Mundial das Guias. Em 1912, a jovem Olave St Claire Soames casou-se com Robert Baden-Powell. A sua energia sem limites levou-a a ser apelidada de "A Mãe de Milhões". O seu persistente apoio a B-P ajudou o Escutismo a crescer ainda mais depressa, e a sua própria visão viu o Guidismo tornar-se na maior organização para raparigas e mulheres alguma vez vista. (link inactivo-7/1/99).
  Major Frederick Russel Burnham, D.S.O. Tal como B-P, Burnham era um batedor militar. Depois de servirem juntos na Campanha dos Matabeles em 1896, ele tornou-se num amigo eterno e admirador de Baden-Powell. No seu livro Correndo Riscos, de 1944, descreve aquele primeiro encontro quando ele e B-P exploraram as Colinas Matopo. Descreve também um pouco conhecido e interessante acontecimento histórico, com a dedicação do Monte Baden-Powell nas Sierras, em 1931.
  A 4 de Julho de 1911, 3000 Escuteiros juntaram-se no Windsor Great Park para um rally e uma revista do Rei Jorge V. Baden-Powell referiu-se a este acontecimento assim: "Foi um dos momentos mais excitantes da minha vida". B-P descreve a cena no seu livro Aventuras e Acidentes, de 1915.
  Honras e Condecorações: Sir Robert Baden-Powell, O.M., G.C.M.G., G.C.V.O., K.C.B., Lord Baden-Powell of Gilwell. As honras civis e militares atribuidas a Baden-Powell, incluindo várias de Cavaleiro, um Baronato., reconhecimento pelo serviço ao Soberano, ao seu país e aos seus pares.
  Em 1876, Baden-Powell foi colocado no seu primeiro regimento, o 13º de Hussardos, um regimento de cavalaria com uma longa tradição. Este regimento ficou mais conhecido por tomar parte na Carga da Brigada Ligeira contra as armas de Balaclava, na Guerra da Crimeia. O regimento continua nos dias de hoje como parte dos Dragões Ligeiros, um regimento blindado do Exército Britânico que serviu na Operação Tempestade do Deserto.
  A pintura de Baden-Powell "África do Sul, 21 de Agosto de 1900". Quando C.R.B. Barrett estava a escrever a História do 13º de Hussardos, olhou para um dos mais distintos veteranos e oficiais ao serviço do 13º de Hussardos, o General Sir Robert Baden-Powell. Os dois volumes do livro tem várias pinturas a cores, algumas das quais feitas exclusivamente para esta história. O volume II é começado com uma pintura de Baden-Powell, "África do Sul, 21 de Agosto de 1900". A pintura revela um elemento do 13º de Hussardos a estender a mão a um outro elemento sem cavalo, durante uma batalha perto do Rio Búfalo. A história do Regimento relata os acontecimentos deste dia.
  O primeiro Comandante de B-P, Sir Baker Creed Russel, do 13º de Hussardos.
bp-colonel-of-13th.jpg (2483 bytes)   Um retrato digno de nota, de Baden-Powell como Coronel do 13º de Hussardos, cumprimenta este site dedicado ao Império Britânico, com detalhes raros e interessantes dos vários regimentos do Exército Britânico. São incluidas biografias dos Coronéis do 13º de Hussardos, assim como a história do regimento.
  Chefe Dinizulu dos Usutu. O livro de Russel Freeman, "Explorando com Baden-Powell" proporcia um relato agradável e fácil de ler das duas vidas de B-P, como Oficial do Exército Britânico e como Fundador do Movimento Escutista Mundial. O seu capítulo sobre B-P na África do Sul na década de 1880 dá um óptimo registo em segunda mão do serviço prestado por B-P aí. Inclui descrições da sua perseguição a Dinizulu durante a Guerra Civil dos Zulus de 1883-1884.
  A 25 de Março de 1897, Baden-Powell foi indigitado para comandar os Guardas do 5º de Dragões Serviu com este regimento na Índia até Junho de 1899.
  Lições da Universidade da Vida, de Baden-Powell, é a sua mais completa autobiografia. Aqui ele apresenta histórias interessantes e agradáveis das suas "duas vidas" no Exército e no Escutismo.
     
  Uma Bibliografia de Baden-Powell. Laszlo Nagy, que foi Chefe Executivo da Organização Mundial do Movimento Escutista (OMME), desenvolveu esta bibliografia detalhada para o seu livro 250 Milhões de Escoteiros, publicado em 1985.
     
  "A Minha casa na Floresta, 1911". De uma pintura a aguarela de Sir Robert Baden-Powell. From a water-color painting by Sir Robert Baden-Powell.
[Por favor, tome nota que esta imagem tem mais de 170K]
     
  B-P: A História da Sua Vida, de E. E. Reynolds, é uma valiosa fonte de informações biográficas sobre B-P. É uma de diversas obras de E. E. Reynolds documentando a vida do Escuteiro-Chefe Mundial e dos primeiros anos do Movimento Escutista.
     
  À Volta do Mundo com Baden-Powell: Palavras, Imagens e Links. Uma colecção de links derivada das minhas viagems pela World Wide Web e pesquisas específicas usando os motores de pesquisa do AltaVista, Lycos, Web Crawler e InfoSeek. Representa um trabalho em progresso e não está de qualquer maneira completo.
     
  Baden-Powell sempre procurou proporcionar à juventude linhas mestras para viverem a vida ao seu máximo. Sucesso e Felicidade eram dois importantes elementos que ele descreveu no A Caminho do Triunfo (Rovering to Success).
     
  As Mil e uma Actividades para Escuteiros (What Scouts Can Do: More Yearns for Scouts) é um dos vários livros de "palestras" - histórias sobre assuntos que ele julgava serem de interesse para os Escuteiros. Foi publicado pela primeira vez em 1921 e reimpresso uma série de vezes. Foi um dos mais populares livros de B-P. Aqui estão algumas palestras do Capítulo VII. Ele fala sobre as técnicas de aproximação e camuflagem, a vara do Escuteiro, e a "Medalha de Agradecimento", surpreendentemente sob a forma de uma suástica.
     
  Baden-Powell viajou por todo o lado. Ele adorava o caminho livre e tinha um sentido apurado para a aventura. No seu livro, As Mil e uma Actividades para Escuteiros, ele diz "Quero que todo o Escuteiro seja feliz, e uma das melhores maneiras que conheço de nos sentirmos felizes é sair para um passeio de bicicleta". Em De Bicicleta na Bósnia ele dá uma imagem fascinante daquela terra destruida pela guerra, antes das duas Guerras Mundiais.
     
  Stevens Publishing de Kila, Montana, tem uma fantástica selecção de reimpressões de muitos dos livros escritos por B-P. Inclui, entre outros: Aids to Scoutmastership (Auxiliar do Chefe-Escuta), Lessons from the Varsity of Life (Lições da Universidade da Vida), Memories of India (Memórias da India) e My Adventures as a Spy (As Minhas Aventuras como Espião). Há livros sobre Escutismo, sobre a primeira carreira de B-P como militar, e sobre os pontos de vista de B-P sobre o Escutismo e a Vida. Stevens também publica reimpressões de obras de Ernest Thompson Seton and Dan Beard, dois fundadores dos Boy Scouts of America. São uma fonte única de informação sobre Escutismo.
     
  Fontes sobre a Biografia e Bibliografia de B-P, no Scouting History and Traditions (Tradições e História do Escutismo), de Randy Wooster.
     
Pine Tree Web Home Page em Português

A Home Page da Pine Tree Web : Uma Colecção dos Links do Autor (em Português)
The Pine Tree Web Home Page: A Collection of the Author's Links (English)

Os seus comentários e sugestões são bem vindas.
Por favor, escreva para:
Lewis P. Orans

Fernando Alves 

falves@geocities.com



Copyright © Lewis P. Orans & Fernando Alves, 2000
Portuguese Translation: Fernando Alves 
Last Modified: 8:15 PM on February 19, 2000